COLABORADORES

Imprimir

PSIQUIATRIA E MEDICAÇÃO

25/5/2009

Uma das preocupações sociais despertadas pela prática psiquiátrica é o uso de medicamentos por setores cada vez mais amplos da população. Fazer uso de antidepressivos, ansiolíticos e estabilizadores do humor está se tornando coisa corriqueira, levantando o questionamento se não há excesso de prescrição e quais os riscos envolvidos.
 
O ambiente cultural parece favorecer o apelo por remédios. Vivemos uma era tecnológica com forte crença na possibilidade de corrigir aspectos desagradáveis ou disfuncionais em nossas personalidades, antes vistos como inerentes à própria condição humana. Não me refiro, evidentemente, ao tratamento de doenças, ou transtornos mentais, claramente identificáveis e incontrastáveis, mas a uma região “cinzenta” entre o normal e o patológico, região antes pertencente ao domínio da moralidade ou da consolação humana. Falo de situações como o luto por entes queridos, o fracasso em alcançar algum objetivo muito almejado, condições que mobilizavam acolhimento e não eram vistas como merecedoras de tratamento; falo de certas formas de compulsão, de hábitos alimentares nocivos noturnos, de ter temperamento triste, de pouco interesse nos estudos e pouca disposição para o trabalho, de ter dificuldade de arrumar parceiro amoroso, de não conseguir controlar o peso, de ter excesso de timidez, de ser pouco ambicioso, características ou comportamentos que: ou eram enfrentados no âmbito da moralidade, o que permitia um posicionamento ativo do indivíduo, uma atitude frente ao vício ou tragédia pessoal; ou eram vistos como parte da condição humana, abrindo a possibilidade de uma aceitação maior ou sublimação – ambas as possibilidades representando saídas existenciais muito mais ricas do que ver-se como portador de defeitos ainda sem oportunidade de conserto pelo conhecimento científico.
 
Outro aspecto presente no atual mundo cultural que favorece a busca por medicamentos é o que os psicanalistas chamam de imperativo do gozo ou “ditadura do prazer”. As velhas proibições, regras e castigos do passado parecem não mais valer no mundo atual. A noção de liberdade individual foi hipertrofiada e, em combinação com a falta de valores morais seguros em que se apoiar, deu origem ao culto do ego. Temos que ter sucesso em tudo o que fazemos e acima de tudo ser felizes. Eis o imperativo do gozo. E com algo mais – tal como à mulher de Cesar não basta ser honesta, mas deve parecer honesta, também nossa felicidade tem de ser testemunhada por outros.

Estes pontos representam o pontapé inicial a respeito do importante tema sobre como se dá o uso contemporâneo de medicamentos. Em meus próximos textos analisarei a própria contribuição que o saber psiquiátrico fornece para o problema do excesso de prescrições.

COMENTÁRIOS:(6)

  • 23/1/2010 10:39:31
    Nome:IONE ESPINDOLA GARCIA
    Site / Blog:psicorama (pra começo de conversa..)
    Comentário:Emmanuel, penso que a sociedade contemporânea promove o cuto ao ego e não corresponder as expectativas deste modelo social, significa estar doente; portanto se faz necessário uma classificação, onde o sobrevivente diferente muitas vezes não encontra um lugar...Parabens pelo texto.

  • 8/9/2013 00:48:19
    Nome:XCNG1OBUY7U
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443274826
    Comentário:승기, 너무 귀엽지 않아요?? ㅎㅎ작년에 한국에 있을 때 즐겨보던 TV 프로 중에 하나에요. 1박 2일!!다음 주에 같이 이 노래 불러 볼까요??No es chulo SeungKi?? jeje..El af1o pasado, cunado estuve en Corea ese programa es uno de mis favoritos de tele. 1bak 2il..!!Que9 les parece que cantemos esa cancif3n el se1bado que viene??

  • 9/9/2013 08:03:51
    Nome:NEMC8DOLN
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443329144
    Comentário:OCP:Je1 somos dois :DNeste momento (e em todos os "//wllqvnxt.com">ouotrs) o meu maior problema e9 mesmo uma preguie7a quase total, elevada e0 poteancia me1xima pelo calor. Tenho de mudar ve1rias coisas na minha organizae7e3o pessoal, para ver se altero o rumo dos acontecimentos... se entretanto ne3o me der a preguie7a ;).Um abrae7o.Bongop:Sortudo... como tenho inveja de ti neste momento :DUm abrae7o e continuae7e3o de boas fe9rias.

  • 9/9/2013 15:33:14
    Nome:G1JXL7BX
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443338671
    Comentário:A rolling stone is worth two in the bush, thanks to this arctile. //qgzibovxu.com [url=//mjzkfafzfq.com]mjzkfafzfq[/url] [link=//jnmvez.com]jnmvez[/link]

  • 9/9/2013 20:57:09
    Nome:GRKNPK5MJX
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443606332
    Comentário:I could read a book about this without finding such real-world "//vwlbnnre.com">appsoacher!

  • 10/9/2013 04:12:37
    Nome:XBGBA4VNMJF
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443515503
    Comentário:If your arceltis are always this helpful, "I'll be back." //uvxettzoqr.com [url=//xtiwex.com]xtiwex[/url] [link=//qrwztnk.com]qrwztnk[/link]

Envie seu comentário

voltar

Irmãs Ross...Uma relíquia
Fantásticas, famosas na época.

.

Psicotramas

16/08 - Lançamento do livro Crônica de uma Ilha Vaga
Núcleos de Formação Permanente no CEP

Psicorama © - Todos os Direitos Reservados
psicorama@psicorama.com.br

MFSete