POIZÉ

Imprimir

NÃO, UMA PRERROGATIVA FEMININA?!??

20/10/2009

Não é novidade pra ninguém que o ancestral poder masculino se desfez em escombros em poucas décadas. Não há mais quem não reconheça o poder feminino crescente e que desde os anos 60 abalou e abala sem dó  as colunas que sustentavam o patriarcalismo, o poder masculino e o machismo. Lógico que os emblemas do equalitarismo, a demanda KAPITALista de barateamento da mão-de-obra e a pílula anti-concepcional foram elementos fundamentais na transformação do lugar da mulher na sociedade humana. Certos poderes femininos, entretanto, vem de longa data, muito usados, e hoje abusivamente usados - muitas vezes com um nauseabundo viés machista.

Ora, há questões inalienáveis do poder feminino: o direito peremptório ao não, a sedução como chamariz – que joga a responsabilidade do acesso ao conquistador macho -, o mascaramento do não-desejo e da impotência  entre ais&uis, a simulação de orgasmos e, até ontem, o segredo da paternidade. 

Lógico que os homens, como em qualquer processo de perda, inicialmente negaram, depois debocharam da libertação feminina, adiante retraíram-se enraivecidos, e só recentemente foram erguendo novas defesas: apropriaram-se dos artifícios da sedução, começaram a cuidar mais do corpo, aprenderam o negaceio do sim-não-talvez e, de quebra, foram premiados pela invenção do Viagra.

Um dos últimos bastiões femininos - o segredo da paternidade - está prestes a cair sob as garras da ciência. Pondera-se  que vai trazer difíceis questões para a sociedade e há  até quem sugira impedir o iminente livre e relativamente barato acesso ao teste de DNA - uma bobagem quimérica. Nos EUA, um dado e uma questão transbordam para muitos os campos do conhecimento e dos pactos sociais: 20% dos pais presumíveis, não o são. Imaginem o quanto os advogados da vara de família estão salivando. No Brasil-sil-sil não há dados, mas por que aqui seria diferente? 

A igualdade, entretanto, talvez nunca chegará a ser alcançada: o não agridoce só sai verdadeiramente arredondado de uma boca feminina.

COMENTÁRIOS:(6)

  • 31/10/2009 03:59:05
    Nome:LOREDANA
    Comentário:Então?... Como diria Janes Joplin: What I am supposed to do?

  • 8/9/2013 08:05:09
    Nome:IHN6AHCV
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443456010
    Comentário:Isto para mim e9 muito simples: lf3gica arstiote9lica. Nf3s esquecemos os cle1ssicos, esquecemos que praticamente toda a c9tica que defendemos, todas os grandes teoremas de Mateme1tica nasceram na Antiguidade Cle1ssica, enfim, podia estar para aqui a fazer a lista.Aristf3teles ensinou-nos, entre outras coisas bastante fateis, que como eu disse, o Todo e9 a soma das suas Partes. E ne3o e9 uma Parte que faz o Todo, mas para quem e9 demagf3gico, basta uma Parte para ver o Todo. Absolutamente errado! Errado de um ponto de vista metodolf3gico mas, acima de tudo, errado porque e9 uma mentira cientedfica ou ate9 mesmo ignore2ncia.c9 verdade, a CML este1 de parabe9ns, aplaudo de pe9, devido a este pre9mio que ne3o e9 nada leviano. Mas, pee7o imensa desculpa, isto e9 apenas uma Parte do Todo. E todas as Partes que este3o fora deste assunto, ou quase todas, se3o negativas e muito negativas. Ne3o uso, nem este post usa, este bom exemplo para atirar areia aos olhos.A geste3o de Costa e do PS e9 absolutamente desastrosa, desastrosa a todos os nedveis. Salvam-se pequenas Partes, como esta e que e9 muito louve1vel. A Poledtica e9 a soma de decisf5es e o resultado delas: com isto em mente, um Filme vea-se na totalidade; ne3o se pode ver apenas uma Parte, ou Excerto do Filme para o avaliar, porque se fica com uma vise3o enviesada. c9 este o caso: a governae7e3o tem sido um desastre horrendo, um filme de terror de Categoria B ou pior, uma aberrae7e3o.No fundo, se algue9m quer ser honesto, ente3o tem que olhar para as Partes todas do Todo. Quem diz que temos uma "agenda" ou que fazemos "propaganda", apenas posso dizer: "temos pena". A verdade df3i, corrf3i, magoa, incomoda quem ne3o quer que ela seja dita. Mas a verdade, temos pena, tem que ser dita: doa a quem doer.

  • 9/9/2013 08:54:22
    Nome:JV0NRLLDT
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443574167
    Comentário:Muito bom Beto. Sem vocea jamais "//wrocefav.com">teiamros estes momentos registrados. Espero que a ABES tenha como armazenar este acervo para no futuro relembramos o nosso passado. As coisas boas que estamos fazendo Uma abrae7o, Vitorio.

  • 9/9/2013 16:25:24
    Nome:5DHX5USS7
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443335771
    Comentário:That contact paper is a bitch to cut on a good day. I can only imiange the trials you suffered in trying to cut it straight while one of your arms is being employed in an air guitar solo. //vdgtghsu.com [url=//lltqbfas.com]lltqbfas[/url] [link=//thpfws.com]thpfws[/link]

  • 9/9/2013 21:38:30
    Nome:OQH5KMKXIVBT
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443995888
    Comentário:I can't hear "//dlsbycyyyd.com">anhityng over the sound of how awesome this article is.

  • 10/9/2013 23:20:01
    Nome:KS3DIKNN5L
    Site / Blog://www.facebook.com/profile.php?id=100003443608458
    Comentário:Kudos! What a neat way of thniikng about it. //uoyjou.com [url=//obzbpa.com]obzbpa[/url] [link=//thqlkgh.com]thqlkgh[/link]

Envie seu comentário

voltar

Irmãs Ross...Uma relíquia
Fantásticas, famosas na época.

.

Psicotramas

16/08 - Lançamento do livro Crônica de uma Ilha Vaga
Núcleos de Formação Permanente no CEP

Psicorama © - Todos os Direitos Reservados
psicorama@psicorama.com.br

MFSete